quinta-feira, 19 de maio de 2011

Sobre o Bolsa Família

Carta aberta
Rebatendo inverdades
Durante a semana, fui surpreendido com veiculações em alguns meios de comunicação do estado da Paraíba, de que minha família era beneficiária do Programa Bolsa Família, em alguns espaços, a exemplo do programa veiculada a partir da 6 horas na rádio 100.5 FM, que é retransmitido na região pela Rádio Cenecista, de que minha mãe, minha esposa e eu recebíamos o benefício.

Quero lembrar que até agora só fui procurado por um portal de notícias para esclarecer o fato, os demais infelizmente só copiaram e colaram um release mal feito, medíocre e difamatório.

Minha esposa é servidora pública municipal há 15 anos, nunca dependeu de subvenções para sobreviver, minha mãe recebia o beneficio com muita justiça social, quem a conhece sabe do que estou falando, mesmo assim, ao assumir o mandato de vereador em 2005, pedi que ela cancelasse o benefício, mesmo sabendo que se enquadrava nos critérios de renda, meu pai é um garimpeiro que vive arriscando sua vida nos garimpos do município, o fato de ser vereador não anula que pessoas próximas ao meu convívio deixem de ser pobres, até porque não vejo a política como profissão, mas sim como vocação. Quem inclui e excluem beneficiários não sou eu e sim a prefeitura.

O fato é que os i(RR)esponsáveis pela pasta agiram de má fé, demoram muito para fazer o desligamento, até insinuaram que poderia receber, pois a mesma se enquadraria. Uma espécie de cilada contra uma pessoa que tem no máximo o segundo ano primário.

A própria Secretária de Promoção Social na época, Gilma Germano (a esposa do Prefeito que hoje é Deputada Estadual), ofereceu a minha mãe em fevereiro de 2010 o seu retorno ao programa, na ocasião minha mãe respondeu a secretária “não confio em vocês, depois vão usar o nome do meu filho em política”.

Solicite que ela se desligasse, não pelo fato de não se enquadrar, mas já previa que oportunistas que se escondem nas sombras do poder, que ajudam a esconder a podridão da corrupção, se aproveitasse para usurpar o que de mais sagrado essa mulher que por muitas vezes deixou de se alimentar para não ver seus dois filhos (minha irmã e eu) de barriga vazia nos ensinou, que é ter dignidade e caráter, o que falta a muitos políticos.

Toquei no assunto na noite de segunda-feira 16/05/2011. Trata-se de uma matéria sem fundamento, sempre que aparece um escândalo envolvendo o prefeito cassado pelo TER/PB, eles tentam mudar o foco da discussão e findam tripudiando em outros assuntos mentirosos e levianos. Isso não abala a ação parlamentar que conduzimos nesses 7 anos.

O vereador do PSDB não teve a coragem de questionar o fato como foi postado nos blogs e site. A briga é extremamente desigual, um vereador que por traz está uma estrutura administrativa contra uma mulher que vive da agricultura familiar e que sempre vendeu dindin para sobreviver! Considero a ação como um ato de violência a dignidade humana, constrangimento a uma pessoa que atende aos pré-requisitos de um programa social.

Fui eleito vereador com a força de pessoas que acreditam em um projeto alternativo de poder, não foi com a força do poder econômico como é comum, não sou de famílias tradicionais enraizadas nos cofres do poder.

O prefeito já responde uma ação criminal por ter espalhado o boato que eu recebia o bolsa família, e agora tenho o prazer de acionar novamente contra outros covardes e lacaios, quem quiser conferir, basta acessar o site do TJPB no 2º grau, o número da ação é 027.2011.000.411-9.

Falta de coragem e ética, sobretudo de um parlamentar que prefiro não chamá-lo de colega!

A atitude é leviana, procurem fatos políticos e não pessoais! Sou pai de família, não morava com minha mãe como ele falou na matéria. Estou sendo vítima de uma campanha insana, motivada pelo ódio.

Mediocridade da parte de um vereador em tentar jogar na imprensa, acusações mal intencionadas. A comunidade picuiense conhece minha história, não aprova esse comportamento imoral de alguns poucos aliados do cassado!

É bom lembrar que o criminoso da história não sou eu, quero lembra também que quem defende criminoso, criminoso é!

5 comentários:

Francisco José da Silva disse...

Caro amigo Olivãnio, o nosso blog está a sua disposição para noticias, fatos, explicações e correções de nóticias maldosas que visam denegrir e difamar homens de bens, que tem interreses verdadeiros com seu povo.
Do amigo Francisco José.

Ernesto disse...

será que os portais da internet terão a umbridade de divulgar a versão do vereador olivânio?

Até agora, só mesmo o radialista francisco Araújo publicou

PB Euclides Araújo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
oglita disse...

Eu OGLA ZOLTH SANTOS ARAÚJO, postei um comentário e o excluí. Você sabe mais do que eu que não foi ofensivo, expus meu pensamento sobre o tema acima mencionado e ao enviar apareceu o nome do meu esposo que tem blog e eu ainda não tenho! Esse foi o motivo de ter o excluído entendeu? Inclusive o autorizo a copiar e colá-lo já que vc sabe o conteúdo postado por mim! Não preciso de esconder-me ao anonimato, vivemos em país democrático.

oglita disse...

Tanto é que fiz um blog antes do previsto para o responder! Não escondo-me atrás de igreja. Devo salientar que tenho muito orgulho da igreja que faço parte e respeitamos vc e qualquer um de quaisquer religião que faça parte! Vou tentar lembrar as palavras da postagem que excluí e postarei novamente.